APRENDA COMO IMPORTAR ALIMENTOS

Importar alimentos vêm se tornando um mercado cada vez mais crescente, que atrai muitos comerciantes em busca de produtos exóticos e diferenciados que possam oferecer para seus clientes.

A importação de alimentos é controlada pela Anvisa e necessita passar pelos critérios técnicos da Anvisa, para que o comerciante possa comercializar os produtos.

TÓPICOS ABORDADOS

COMO SER IMPORTADOR DE ALIMENTOS?

EMBALAGEM

BUROCRACIAS

LOGÍSTICA

CARGA PERECÍVEL

CONCLUSÃO

COMO SER IMPORTADOR DE ALIMENTOS?

1. CNPJ

Para importar produtos controlados pela Anvisa para comercialização ou industrialização você obrigatoriamente deve realizar através de uma empresa.

2. RADAR

O Radar é o Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros e é o primeiro passo para quem deseja operar com negócios internacionais. Através desta habilitação, você prova que a sua empresa está devidamente constituída e legalizada ou seja, com as condições essenciais para que ela possa passar a exportar ou importar.
Possuir o Radar/Siscomex significa mais uma obrigação para o importador/exportador no Brasil, sem ele não será possível operar no comércio exterior.

3. ALVARÁ SANITÁRIO

Empresas com atividades vinculadas à saúde e à alimentação precisam obter a licença sanitária diretamente com a Anvisa ou com órgãos atrelados a ela.

EMBALAGEM

A embalagem deve conter informações básicas e necessárias:

– O nome do produto com todas as informações e país de origem;

– Cuidados de armazenamento;

– Quais são os ingredientes e matéria-prima utilizados para produzir o alimento;

– Rótulo aprovado e registrado de acordo com as normas brasileiras;

– Data de produção e validade.

 

BUROCRACIAS

No Brasil, a importação de alimentos é controlada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ela é responsável pela fiscalização, regulação e trâmites burocráticos, como a concessão da Licença de Importação (LI).

Sua fiscalização tem o papel de controlar a qualidade dos alimentos e bebidas que são importados, para que apenas produtos dentro de um criterioso padrão de consumo cheguem até as pessoas que irão utilizá-los.

Além da fiscalização da ANVISA, existe outro órgão que também atua na fiscalização e inspeção destes produtos. Este órgão é a MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A LOGÍSTICA

A importação de alimentos exige um planejamento maior, envolvendo decisões como a escolha dos tipos de transporte, o tipo de contêiner, necessidade de controle de temperatura, suas características técnicas, os tipos de embalagem, o cumprimento de exigências sanitárias e as obrigações aduaneiras.

CARGA PERECÍVEL

Atentar-se ao planejamento e as solicitações de prioridade com antecedência para as cargas perecíveis como: o terminal apropriado, a temperatura adequada, reposição do gelo, substituição de termômetro, entre outros.

CONCLUSÃO

Obrigado por reservar um tempo para ler este conteúdo e espero ouvir falar de você em breve!

PSC: Caso você seja uma daquelas pessoas (como eu) que simplesmente pula para o final do conteúdo, o negócio é o seguinte:

Somos especialistas em importação de alimentos, caso seja do seu interesse, clique no botão abaixo e responda o formulário para iniciarmos os procedimentos necessários para sua importação.

importação de alimentos
importação de alimentos no brasil
magui importacao e distribuicao de alimentos ltda
importação de alimentos como funciona
lfs comercio e importação de alimentos ltda
importação e exportação de alimentos
m foods importacao de alimentos ltda
como importar alimentos
extremo sul importacao de alimentos ltda
hi comercio e importação de alimentos
importar alimentos da china
importação e exportação de alimentos no brasil
importação de alimentos para o brasil
importação de alimentos anvisa

Olá, como podemos ajudar?
Enviar

O que deseja Importar?