Our Mission Statement
This is Photoshop's version of Loremer Ipsn gravida nibh vel velit auctoregorie sam alquet.Aenean sollicitudin, lorem quis bibendum auci elit consequat ipsutis sem nibh id elit.
Follow Us
E-mail: contato@conexaoaduanas.com.br
Tel: (31 ) 3087-9766

Blog

OS PRODUTOS MAIS IMPORTADOS PELO BRASIL

Entre janeiro e julho de 2020, o Brasil importou um total de US$ 90,9 bilhões, resultado do comércio com países como China e Estados Unidos. O Brasil é o 29° maior importador do mundo, segundo dados de 2018 do MDIC.

Os produtos mais importados pelo Brasil (Principais Produtos Importados (PPI)) – com a taxa de participação no total de importações e o volume em dólares – entre janeiro e julho de 2020 são.

2020:

1-Plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes

5,8% de participação – US$ 5,3 bilhões

2-Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos)

4,9% de participação – US$ 4,5 bilhões

3-Adubos ou fertilizantes químicos (exceto fertilizantes brutos)

4,7% de participação – US$ 4,3 bilhões

4-Demais produtos – Indústria de Transformação*

4,6% de participação – US$ 4,2 bilhões

5-Obras de ferro ou aço e outros artigos de metais comuns

4% de participação – US$ 3,6 bilhões

6-Equipamentos de telecomunicações

4% de participação – US$ 3,6 bilhões

7-Compostos organo-inorgânicos

3,3% de participação – US$ 3 bilhões

8- Válvulas e tubos termiônicas

3,2% de participação – US$ 2,9 bilhões

9-Medicamentos e produtos farmacêuticos

3,1% de participação – US$ 2,8 bilhões

10- Outros medicamentos, incluindo os veterinários

2,3% de participação – US$ 2,1 bilhões

O volume total de importações do país em 2020 até então movimentou US$ 90,9 bilhões.

*A categoria “Demais produtos – Indústria de Transformação” engloba itens manufaturados de naturezas diversas, não especificados em detalhes pelos dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

2019

No ano passado, os produtos mais importados pelo Brasil foram:

1-Óleos combustíveis de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos)

7,3% de participação – US$ 13 bilhões

2-Adubos ou fertilizantes químicos (exceto fertilizantes brutos)

5,1% de participação – US$ 9,1 bilhões

3-Demais produtos – Indústria de transformação

4,5% de participação – US$ 7,9 bilhões

4-Equipamentos de telecomunicações, incluindo peças e acessórios

4% de participação – US$ 7 bilhões

5-Válvulas e tubos termiônicas, de cátodo frio ou foto-cátodo, diodos, transistores

3,2% de participação – US$ 5,7 bilhões

6-Compostos organo-inorgânicos

3,1% de participação – US$ 5,5 bilhões

7-Obras de ferro ou aço e outros artigos de metais comuns

2,8% de participação – US$ 4,9 bilhões

8-Partes e acessórios dos veículos automotivos

2,7% de participação – US$ 4,8 bilhões

9-Óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos

2,6% de participação – US$ 4,6 bilhões

10-Plataformas

2,4% de participação – US$ 4,3 bilhões

O volume total de importações do país em 2019 movimentou US$ 177,3 bilhões.

Detalhes dos produtos mais importados pelo Brasil:

1) Óleo combustível de petróleo ou de minerais betuminosos (exceto óleos brutos):

Representa 7,3% do total das importações do Brasil. O óleo combustível é um derivado de petróleo, portanto, é também tratado como óleo combustível pesado ou ainda como óleo combustível residual. Os materiais betuminosos são mais conhecidos por suas tipologias. Dois tipos de materiais comuns dessa categoria são o asfalto e o alcatrão.

2) Adubos ou fertilizantes químicos (exceto fertilizantes brutos):

Adubos ou fertilizantes químicos (exceto fertilizantes brutos) está na segunda colocação no ranking dos principais produtos importados pelo Brasil, representando 5,1% de todas as importações. Adubos são feitos de material orgânico, com substâncias que são encontradas na natureza. Por não conterem todos os nutrientes dos quais um solo pobre necessita, seu tempo de ação é mais demorado.

Já os fertilizantes são materiais sintéticos produzidos em laboratório, onde diferentes produtos químicos agem no solo. Eles são indicados, principalmente, se o solo afetado estiver muito pobre em nutrientes e sua ação é imediata.

3) Demais produtos – Indústria de Transformação:

Indústria de transformação é aquela que obtém um material primário e o transforma, de modo que se torne algo diferente do existente inicialmente. Essa modificação da matéria-prima pode ser de caráter físico, químico ou biológico. Estes produtos ficam como os terceiros colocados nas importações brasileiras, correspondendo a 4,5% das mesmas. No ano de 2019 foram gastos em importações deste produto cerca de US$ 7,9 bilhões.

4) Equipamentos de telecomunicações, incluindo peças e acessórios:

São equipamentos de sistemas ou subsistemas interconectados que utilizam equipamentos na aquisição, armazenamento, manipulação, entre outros.

5) Válvulas e tubos termiônicas, de cátodo frio ou fotocátodo, diodos, transistores:

Válvulas e tubos termiônicas é um dispositivo eletrônico formado por um invólucro de vidro de alto vácuo chamada ampola contendo vários elementos metálicos. O diodo é um componente classificado como semicondutor. Ele é feito dos mesmos materiais que formam os transistores e chips. Válvulas e tubos termiônicas, de cátodo frio ou fotocátodo, diodos, transistores corresponderam a 3,2% de todas as importações do Brasil no ano de 2019, sendo comprados cerca de US$ 5,7 bilhões.

6) Compostos organo-inorgânicos, compostos heterocíclicos, ácidos nucléicos e seus sais, e sulfonamidas:

Compostos organo-inorgânicos, compostos heterocíclicos, ácidos nucléicos e seus sais, e sulfonamidas representam 3,1% de todos os produtos importados pelo Brasil em 2019, tendo sido importados US$ 5,5 bilhões no ano.

7) Obras de ferro ou aço e outros artigos de metais comuns:

Na nossa 7ª colocação aparecem obras de ferro ou aço e outros artigos de metais comuns, os quais o Brasil gastou US$ 4,9 bilhões em compras. Estes produtos representaram 2,8% de todas as importações brasileiras.

8) Partes e acessórios dos veículos automotivos:

São aquelas peças usadas em concertos de automóveis ao todo e aparecem na nossa 8ª colocação, são de extrema importância para o país, foram importados no ano de 2019 US$ 4,8 bilhões do produto. Correspondeu a 2,7 % do total das importações brasileiras.

9) Óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, crus:

Óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, crus, são a nossa nona colocação e corresponderam em 2019 a 2,6% de todas as importações feitas pelo Brasil. Foi desembolsado no ano pelo Brasil na compra de óleos brutos de petróleo ou de minerais betuminosos, crus cerca de US$ 4,7 bilhões.

10) Plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes:

Na nossa 10ª colocação aparecem plataformas, embarcações e outras estruturas flutuantes, as quais no ano de 2019 correspondiam a 2,6% de todas as importações de outros países.

Os países de onde o Brasil mais importa:

1° CHINA

2° EUA

3° ARGENTINA

4° ALEMANHA

5° CORÉIA DO SUL

6° ÍNDIA

7° MÉXICO

8° JAPÃO

9° ITÁLIA

10° RÚSSIA

Veja também: Os produtos mais importados da China para o Brasil

No Comments

Leave a Comment

Olá, como podemos ajudar?
Enviar